Storytelling #29

terça, 28 maio 2019 09:28

"As convicções são inimigas mais perigosas da verdade do que as mentiras." - Friedrich Nietzsche

Nietzsche
3 lições de vida aos olhos do filósofo.

 

Um dos autores filosóficos mais complexos e controversos da nossa história. Caso estivesse vivo diria que o homem é hoje um ‘animal de rebanho’, dado o processo de massificação e globalização em que entrámos. Numa vida simples e com textos controversos escritos num tom crítico, as suas ideias foram para além do entendimento das pessoas da época em que viveu. Talvez por isso, tão admirado e estudado após a sua morte. Aqui, ficam algumas lições úteis aos olhos de Nietzsche.

1. A dor conta

As coisas não acontecem por acaso. Há uma necessidade grande de vivermos orientados para aquilo que queremos que seja o nosso destino. O destino não é imposto de fora, tem origem na nossa vontade e querer. Quem o visualiza luta por ele. Nesse caminho de luta necessariamente existe dificuldade e dor, mas também esperança. Segundo Nietzsche é no sofrimento que aprendemos a reconhecer os nossos objetivos. Por isso é importante valorizar e aprender com os momentos mais difíceis. Infelizmente, muitas pessoas não aprendem nada com isso. Optam pelo lamento, pela vitimização, culpabilização ou pelo maldizer. Tentar entender aquilo que a dor nos transmite, é uma virtude só ao alcance de alguns.

2. Ser criança outra vez

O adulto é excessivamente consciente de tudo o que faz e daquilo que evita fazer. Sabe que para ser bem visto na sociedade tem de esquecer parte dos seus desejos, só assim estará dentro dos padrões normais da vida social. Mas o desafio é que a verdade e o bem-estar estão dentro de cada um de nós. Por isso, é impossível sermos felizes quando somos mais uma ovelha no rebanho. É importante construirmos dentro de nós um espírito livre, como se fossemos uma criança. Procurar, como elas, a “inocência e um brinquedo” com espontaneidade, liberdade, e sem a culpa ou o mal nas nossas consciências.

3. Equilíbrio com insatisfação constante

As pessoas precisam de equilíbrio e isso só acontece quando sustentamos a nossa vida na razão, ao mesmo tempo que deixamos entrar a emoção. Todos nós temos paixão e razão. E isso faz-nos concluir que devemos desconfiar daquilo que nós pensamos. Suspeitar de algumas convicções que temos o que nos obriga a sermos uns eternos insatisfeitos. Desafiar o que já atingimos, criando uma vida que não é estável. A vida tem de ser um processo em oscilação constante, e nós somos os principais responsáveis por estimular esse movimento dentro de nós.

 

Relacionados

Storytelling #34

terça, 28 maio 2019 09:28 |

"Einstein had 24 hours. So did Mother Teresa. So did Bach." - David Allen

Storytelling #33

terça, 28 maio 2019 09:28 |

"Even the darkest night will end and the sun will rise." - Victor Hugo

Inicie sessão