Storytelling #22

terça, 30 outubro 2018 13:50

"It does not matter how slowly you go as long as you do not stop." - Confucius

A Tartaruga e o Coelho

Era uma vez dois amigos. Uma Tartaruga e um Coelho que discutiam quem era o mais rápido.

Para tirarem as dúvidas decidiram fazer uma aposta e resolver esta discussão com uma corrida. Concordaram com a rota e começaram a corrida. O coelho tomou desde logo a dianteira e correu bem depressa durante a primeira parte do percurso. Olhando para trás percebeu que estava muito à frente da tartaruga. Já cansado, pensou que aquela seria uma excelente oportunidade para relaxar um pouco. Encostou-se debaixo de um árvore aproveitando a sua sombra e adormeceu. A tartaruga ultrapassou-o sem ele dar conta e terminou a corrida em primeiro. O coelho, mais tarde quando chegou à meta, concluiu que o seu excesso de confiança o tinha traído.

Aborrecido desafiou a tartaruga para uma desforra.

A tartaruga percebeu que não teria uma segunda oportunidade para vencer o coelho numa corrida semelhante. Depois do erro cometido pelo coelho, este estaria mais alerta numa segunda tentativa. Por isso a tartaruga concordou com a desforra, mas com uma condição – quem define a rota seria o vencedor da primeira corrida. O coelho ansioso em provar que era mais rápido que o amigo, concordou de imediato sem pensar.

No dia seguinte voltaram a encontrar-se. O coelho estava só focado em manter seu compromisso - ser rápido e consistente até à meta. Enquanto isso a tartaruga mostrou-lhe a rota. O coelho confirmou sem pestanejar. Impaciente queria era começar.

A corrida iniciou perante os animais todos do bosque que não acreditavam numa nova distração do coelho. Este partiu e correu a grande velocidade até chegar a um rio largo que estava no meio do caminho. A meta estava do outro lado da margem a pouco mais de dois quilômetros. O coelho ficou paralisado sem saber o que fazer. A tartaruga no seu ritmo avançou, atirou-se para o rio, nadou até a margem oposta, e continuou andando até terminar a corrida. Mais uma vez em primeiro.

 

Relacionados

Storytelling #25

terça, 30 outubro 2018 13:50 |

"The beginning of everything was emotion. Feeling, then, isn’t a passive process." - António Damásio

O nosso dia-a-dia procura muitas vezes soluções rápidas e respostas apressadas, sem compreender que os resultados surgem do crescimento interno e isso leva tempo. Da mesma forma, é necessário compreender que em muitas situações em que nós pensamos que nada está a acontecer, e por isso sentimos frustração, as coisas estão a crescer e a progredir por dentro ao seu ritmo.

Inicie sessão