Storytelling #8 - Mandela. Fazer a própria cama.

 
Fri, 1 September 2017 | #historia #mandela
"Lembremo-nos que são as pessoas comuns - homens e mulheres, meninos e meninas - que fazem do mundo um lugar especial."
Nelson Mandela
Esta história é contada pelo Assistente de Nelson Mandela, Jessie Duarte, que colaborou com ele entre os anos de 1990 a 94.

‘Ele sempre fez sua própria cama. Não importava para onde era a nossa viagem. Lembro-me que uma vez estávamos em Xangai. Era um hotel muito sofisticado. A hospitalidade e tradição chinesas exigiam que a limpeza e as refeições fossem cuidadas pelas pessoas que tinham essa função no hotel. E se um hóspede fizesse isso por eles, aos olhos da cultura chinesa poderia até ser considerado um insulto.

Por isso tentei transmitir isso a Mandela:

"Por favor, não faça sua cama neste hotel. Existe o costume aqui de serem os funcionários a faze-lo".

E ele disse:

"Ligue para a recepção e traga-os cá para eu poder falar com eles".

Foi o que fiz. Perguntei ao gerente do hotel se podia trazer as senhoras que estariam responsáveis por limpar os nossos quartos, para que Mandela pudesse explicar-lhes os motivos porque ele próprio iria fazer sua cama. Ele não queria que elas se sentissem insultadas. Esta foi a natureza da pessoa que conheci. Alguém que não gostava de ferir os sentimentos dos outros. Alguém que nunca se preocupou com o que as pessoas mais importantes pensavam dele. Mas que se preocupou sempre muito com o que as pessoas ditas ‘menos importantes’ pensavam dele .’